Saiba como baixar a insulina com dicas fáceis

A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, que permite a entrada de glicose (açúcar) nas células para ser transformada em energia.

Entre as funções que a insulina desempenha, está o transporte do açúcar no sangue para dentro das células, que é transformando em energia.

No entanto, a insulina alta pode levar a sérios problemas de saúde, como obesidade, doenças cardíacas e câncer.

Isso também fazem com que as células se tornem resistentes aos efeitos do hormônio.

Quando você se torna resistente à insulina, o pâncreas produz ainda mais insulina, criando um ciclo vicioso, que te engorda e acaba com a sua saúde.

Ela ocasiona também o desejo de consumir mais calorias e fome constante.

Mas existem algumas maneiras de baixar esses níveis. Conheça agora.

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é eficiente na prevenção de picos de insulina no sangue após as refeições.

Os pesquisadores acreditavam que esse efeito acontece devido à capacidade do vinagre de adiar o esvaziamento do estômago, levando a uma absorção mais gradual do açúcar na corrente sanguínea e prevenindo o pico de insulina.

Coma menos

Embora o pâncreas libere quantidades diferentes de insulina dependendo do tipo de alimento que você come, comer muito de qualquer alimento ao mesmo tempo pode levar à hiperinsulinemia (pico de insulina).

Este fator é especialmente preocupante em pessoas obesas com resistência à insulina.

O consumo de menos calorias tem sido consistentemente apontado como eficaz para aumentar a sensibilidade à insulina e diminuir os níveis de insulina em indivíduos com sobrepeso e obesos.

Diminua ao máximo os açúcares e adoçantes

O açúcar é o alimento mais importante para você cortar da dieta quando estiver tentando abaixar seus níveis de insulina.

Em um estudo onde as pessoas comeram doces ou amendoim, o grupo de doces experimentou um aumento de 31% nos níveis de insulina em jejum, em comparação com um aumento de 12% no grupo de amendoim.

Em outro estudo, quando as pessoas consumiam geleias contendo altas quantidades de açúcar, seus níveis de insulina subiram significativamente mais do que depois que consumiram alimentos com baixo teor de açúcar.

A frutose é encontrada em açúcar, mel, xarope de milho de alta frutose e xarope de agave. O consumo de grandes quantidades promove a resistência à insulina e ela os níveis do hormônio no sangue.

Um estudo descobriu que as pessoas tinham respostas semelhantes à insulina após consumir 50 gramas de açúcar, mel ou xarope de milho de alta frutose.

Ou seja, não adianta substituir o açúcar por mel ou adoçantes, a sua insulina vai estar alta do mesmo jeito.

Pratique jejum intermitente

O jejum intermitente é uma maneira muito eficaz de perder peso.

Pesquisas sugerem que jejuar reduz a insulina alta, de maneira tão eficaz quanto a restrição calórica diária.

Um estudo descobriu que as mulheres obesas perderam peso e tiveram outras melhorias de saúde depois de realizar o  jejum intermitente.

O jejum de dia alternado significa que você vai cortar drasticamente as calorias um dia e comer normalmente no dia seguinte. Esse processo é eficaz para reduzir os níveis de insulina no sangue.

Consuma mais fibra solúvel

As fibras são ingredientes que nutrem grupos específicos de bactérias que naturalmente habitam nosso intestino e, por isso, podem causar mudanças benéficas na composição ou atividade dessa população (microbiota intestinal). 

A fibra solúvel fornece uma série de benefícios para a saúde, incluindo ajudar na perda de peso e reduzir os níveis de açúcar no sangue.

Para que você entenda, ela absorve a água e forma um gel, que retarda o movimento do alimento através do intervalo digestivo. Isso promove a saciedade e impede que o açúcar no sangue e a insulina aumentem muito rápido após uma refeição.

Um estudo observacional descobriu que mulheres que comiam mais quantidade de fibra solúvel tinham a metade de probabilidade de serem resistentes à insulina do que as mulheres que comiam menos quantidade de fibra solúvel.

A fibra solúvel também ajuda a alimentar as bactérias amigáveis que vivem no seu cólon, que melhoram a saúde intestinal e reduzem a resistência à insulina.

Entre os alimentos com fibra solúvel estão: legumes, laranja, abacate, aspargos, tofu, batata doce, entre outros.

Beba chá verde

Outra forma de evitar a insulina alta, é por tomar chá verde. Ele é uma bebida incrivelmente saudável.

Contém quantidades elevadas de um antioxidante conhecido como galato de epigalocatequina (EGCG).

Vários estudos sugerem que este antioxidante colabora com o combate a resistência à insulina.

Em um estudo, as pessoas com níveis elevados de insulina que tomaram extrato de chá verde experimentaram uma pequena diminuição na insulina ao longo de 12 meses, enquanto aqueles que tomaram um placebo tiveram um aumento.

Se você quer perder peso e diminuir a glicose no sangue, inclua o chá verde à dieta.

Essas são algumas dicas que podem ser feitas para reduzir os níveis de glicose e insulina no sangue. Não esqueça que praticar exercícios físicos e manter a boa saude mental englobam-se nesses cuidados.

(Visitado 48 vezes, 1 visitas hoje)