Quantas calorias diárias é preciso reduzir para emagrecer?

Para reduzir primeiramente a gordura corporal, torna-se necessária a redução energética diária. Pensando em reduzir 1 kg de gordura corporal no mês, totalizando 12 quilos no ano, é preciso reduzir aproximadamente 250 calorias por dia ou ter um aumento do gasto energético (estilo de vida ativa e exercícios).

Para exemplificar, seguem exemplos de alimentos, quantidades (em medida caseira) com o valor energético aproximado à 250 calorias:

Alimento Quantidade Valor Nutricional
Pão francês 2 unidades 260 calorias
Pão de forma 4 fatias 252 calorias
Açúcar refinado 4 colheres de sopa rasas (63 gramas) 250 calorias
Bolo de chocolate (sem recheio) 1 fatia (80 gramas) 250 calorias
Sorvete de creme (massa) 2 ½ bolas (150 gramas) 258 calorias
Chocolate ao leite 8 quadradinhos (47 gramas) 250 calorias
Refrigerante guaraná 3 copos de 200ml 240 calorias
Pizza de mussarela 1 fatia pequena (90 gramas) 260 calorias
Bolacha água de sal 12 unidades 260 calorias
Macarrão ao sugo 1 prato fundo (200gramas) 270 calorias
revolucionário repositor energético formulado para atletas de alta performance, principalmente esportes e atividades que demandam de muita energia e que acabam desgastando e levando o atleta à exaustão
Repositor energético para atividades que acabam desgastando e levando o atleta à exaustão.

O que é importante considerar é a escolha do alimento. Alguns são ricos em calorias (gorduras e açúcares), porém pobres em micronutrientes (vitaminas e minerais).

Nem sempre um alimento hipocalórico pode ser considerado saudável, como, por exemplo, o refrigerante light. O fato dele não oferecer calorias extras não o torna uma bebida saudável. Da mesma forma o abacate. Ser uma fruta mais calórica, comparada com outras frutas, não o torna um alimento “ruim”, considerando o perfil nutricional excelente, oferecer gordura monoinsaturada, fibra, potássio e vitamina E.

Buscando a redução de peso de forma saudável, é recomendável o seguimento de um acompanhamento nutricional individualizado com um nutricionista, que avaliará hábitos alimentares considerando peso, altura, atividade física e realizando adaptações de forma personalizada.

VEJA  Natal e Ano Novo: o que fazer para não engordar?

Fonte: Texto extraído de Eneida Ramos e Izabella C. Carvalho Crochemore, nutricionistas do Einstein

(Visitado 471 vezes, 1 visitas hoje)