O que fazer para não engordar de novo após a dieta

A boa notícia é que a solução para não passar mais por essa frustração é simples. A má é que não é necessariamente fácil.

Nada de dietas milagrosas

De acordo com o nutricionista Thiago Sacchetto, o melhor é fugir de qualquer dieta que restrinja muito a alimentação visando perder peso, pois a chance de, no longo prazo, voltar a brigar com a balança é grande. E isso não está ligado apenas à falta de força de vontade para manter a dieta.

Segundo o especialista, uma das explicações para o efeito sanfona é a perda de massa muscular, que é uma das grandes responsáveis pela aceleração do metabolismo do corpo – e pela queima de calorias. “Quem busca dietas milagrosas, não faz exercício físico e tem um consumo de alimentos muito aquém do que precisa pode perder peso rápido, mas não vai perder só gordura. Vai perder também massa muscular”, afirma.

O Fit Shake da Max Titanium é um suplemento alimentar que atua como substituto de refeições, oferecendo níveis adequados de proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, vitaminas e minerais que auxiliam no processo de gerenciamento de peso.
O Fit Shake da Max Titanium é um suplemento alimentar que atua como substituto de refeições, oferecendo níveis adequados de proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, vitaminas e minerais que auxiliam no processo de gerenciamento de peso.

Com isso, o corpo passa a gastar menos energia do que o normal e, quando a pessoa volta a comer normalmente, o corpo gastará menos calorias do que antes, provocando o aumento do peso. Outra explicação está na adaptação do corpo às novas condições de escassez de energia.

Se uma pessoa passa muito tempo comendo menos calorias do que precisa, o corpo não emagrecerá no mesmo ritmo o tempo todo. “O organismo tende a poupar energia, pois percebe que está emagrecendo muito, e, assim, o metabolismo diminui”, diz o nutricionista. Resultado: ao escorregar no regime, a engorda é quase 100% garantida.

VEJA  5 Mitos que você deve saber sobre os adoçantes

Orientação especializada

Para evitar que isso aconteça, vale deixar a ansiedade de lado e esquecer a pressa. O especialista diz que é melhor perder seis quilos em três meses do que em apenas um. E o primeiro passo para conquistar o corpo ideal sem temer o futuro é buscar ajuda profissional, com um nutricionista que possa indicar os melhores hábitos para cada tipo de pessoa ou rotina.

“Dependendo do peso, o problema pode não estar só no comer, mas também nos motivos pelos quais está comendo. Aí, pode ser necessária uma avaliação psicológica ou psiquiátrica”, afirma.

Alimentação adequada e exercícios

A partir dessa análise, tudo deve mudar, desde a compra no supermercado até o preparo das refeições, para que o gasto calórico diário seja maior do que consumo sem perder saúde. Isso, claro, sem se esquecer dos exercícios físicos.

Fonte: Exame

(Visitado 204 vezes, 1 visitas hoje)