Um fígado saudável precisa de cuidados

O fígado é um órgão extremamente importante no nosso corpo.

É ele que cuida de eliminar toxinas e metabolizar e armazenar nutrientes, que só ficam prontos para serem absorvidos e utilizados pelo organismo após passarem por ele.

A L-Carnitina é um composto orgânico nitrogenado, natural, sintetizada no organismo (fígado, rins e cérebro) a partir de dois aminoácidos essenciais: lisina e metionina.

Quando falamos em doenças de fígado não estamos falando somente daquelas causadas por excesso de álcool ou drogas. Existe alguns hábitos que podem prejudicar esse órgão e que fazem parte do dia dia e que nem sabemos.

Apresentamos aqui algumas das causas do mundo moderno que podem afetar nosso fígado:

1. Alimentos industrializados

Acontece que eles são cheios de substâncias químicas que corroem o fígado lentamente, além de fornecer gorduras e carboidratos em excesso. O resultado disso é o famoso fígado gordo.

2. Sedentarismo

A falta de exercícios físicos ajuda a acumular toxinas.

Se você tem uma vida ativa, consegue reduzir a quantidade de carboidratos no organismo, adquirir mais energia e, por fim, obter um corpo mais saudável.

3. Excesso de gordura

Se a obesidade não for tratada, pode gerar problemas, como fígado gordo não alcoólico, cirrose, câncer e insuficiência hepática.

4. Analgésicos

O consumo excessivo de drogas, como paracetamol, pode danificar o fígado.

E, como já se é de esperar, o remédio combinado a uma bebida alcoólica piora ainda mais a situação.

Isso acontece porque o fígado acaba trabalhando em excesso.

5. Produtos de emagrecimento

Alguns produtos de emagrecimento são ruins para o fígado, especialmente os industrializados.

Isso porque geralmente vêm carregados de substâncias químicas.

O fígado acaba trabalhando em excesso para eliminar as toxinas.

6. Outras drogas

Remédios para colesterol, convulsões, bipolaridade e enxaqueca são muito pesados para nosso fígado.

VEJA  12 motivos para fazer musculação para o resto de sua vida

Estamos falando de substâncias como estatinas, fenitoína, moxifloxacina, carbamazepina, levofloxacina e antibióticos.

Se você já consome algumas delas há muito tempo, faça um exame de sangue para saber se seu fígado está em ordem.

Consulte sempre um médico.

Cuide-se!

Leia mais =>> GLUTATIONA: UM ANTIOXIDANTE QUE MELHORA AS FUNÇÕES DO FÍGADO

(Visitado 1.278 vezes, 1 visitas hoje)