Dicas para fazer bulking

O objetivo de todo maromba que vai à academia é ficar maior. Conquistar músculos grandes, tonificados e simétricos é o que rege a vida de frequentadores do Mundo inteiro. No entanto, muitos deles falham nessa caminhada.

Quantas vezes já não vimos homens de diversas idades reclamarem de estar com peso estagnado, tendo resultados pífios, dignos de lamentações? Pois isso é um sinal de que o bulking não vai muito bem…

Esse termo em inglês se refere ao período destinado para o aumento de massa muscular. Nele, a definição fica em segundo plano, e o que realmente importa é o aumento de peso e, consequentemente, o desenvolvimento do tecido muscular.

5 dicas para fazer bulking de qualidade:

Existem diversas maneiras de se realizar um bulking. Alguns separam em dois grupos: o sujo e o limpo. Na primeira denominação, o praticante come tudo que ver pela frente, e não mede esforços para ganhar peso. O lado negativo é que a gordura vem junto com o músculo.

Já o bulking limpo, que está sendo mais bem visto atualmente, prioriza o ganho de peso com o mínimo de gordura possível. Independente de qual deles você escolha, o importante é saber que para ganhar músculos, é preciso ganhar peso!

Então, confira abaixo algumas dicas!

1# – Suplemento não é milagroso

Suplemento tem como finalidade ajustar uma dieta, entregando aquilo que falta, e não sendo o item milagroso que mudará a vida do praticante. Invista em suplementos de qualidade, nada de tomar qualquer marca que vê pela frente, você pode estar ingerindo a mesma coisa que compra no supermercado.

2# – Não treine demais

Por muito tempo, acreditava-se que ficar horas na academia traria mais desenvolvimento muscular do que quem ficava treinando por 30 minutos. Hoje, sabe-se que o melhor é justamente ficar menos tempo, priorizando a intensidade em detrimento da extensão do treino.

VEJA  20 Dicas Para Vegetarianos Ganharem Massa Muscular - Parte 1

Insira volume e intensidade o suficiente para estimular o músculo a crescer. Algo além disso apenas trará consequências negativas ou desenvolvimento pífio.

3# – Treine pesado

Complementando a ideia de não exagerar no tempo de treino, quando fizer a seleção dos exercícios, série e repetições, deixe de lado o volume e prefira maior intensidade. O que isso significa?

Em vez de colocar 1000 exercícios, com séries sem fim e dezenas de repetições, prefira alguns poucos exercícios, com poucas séries, poucas repetições e muito peso.

4# – Coma sem medo

A alimentação é o ponto chave para o ganho de peso. Quanto mais você comer, mais quilos ganhará! Priorize as proteínas magras, como filé de frango. No entanto, não tire as carnes, ovos e leite da dieta; ingira o máximo que puder diariamente.

Ao longo das semanas, ajuste sua dieta para controlar ainda melhor o seu peso!

5# – Estabeleça metas atingíveis

Por fim, metas são importantes para guiar o praticante. Ele é fundamental para que você entre em uma academia ou prepare um prato, já sabendo exatamente o quanto você quer atingir de peso ou tamanho muscular daqui a 30 dias.

Cuidado apenas para não criar metas muito difíceis, pois elas podem te desmoralizar.

Fonte: Texto adaptado do portal massamuscular.blog.br

Ache seu suplemento AQUI.

(Visitado 607 vezes, 1 visitas hoje)